O seu Blog de Psicometria

Tenha acesso à nossa enciclopédia virtual de conhecimento em Psicometria e Análise de Dados

Junte-se a mais de 22.300 membros e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Compartilhe nas Redes Sociais

Estudos de revisão sistemática: o uso da estratégia PICO

Alex França

jan 23, 2023

A estratégia PICO ajuda a formular perguntas de pesquisa precisas e relevantes para estudos de revisão sistemática. Foi desenvolvida por uma equipe de pesquisadores liderada por Dr. David L. Sackett, MD, um médico e epidemiologista canadense, que foi um dos fundadores da medicina baseada em evidências e se refere a quatro elementos:

P (Pacientes/População): Identifica o grupo de pessoas sendo estudado, seja uma doença específica, idade, gênero, entre outros

I (Intervenção): Identifica o tratamento ou intervenção que está sendo estudado.

C (Comparação): Identifica o grupo de comparação, seja outra intervenção ou um grupo controle

O (Resultado(s)): Identifica o que está sendo medido ou avaliado, seja melhora na saúde, diminuição de sintomas, entre outros.

Como formular uma pergunta com base na ferramenta PICO?

Para formular uma pergunta de pesquisa com base na ferramenta PICO, siga os seguintes passos:

1.Identifique o paciente ou população: Comece identificando o grupo de pessoas que você deseja estudar, seja uma doença específica, idade, gênero, entre outros.

2.Identifique a intervenção: Identifique o tratamento ou intervenção que você deseja estudar. Isso pode incluir medicamentos, terapias, intervenções cirúrgicas, entre outros.

3.Identifique a comparação: Identifique o grupo de comparação, seja outra intervenção ou um grupo controle. Isso ajuda a avaliar o efeito da intervenção em questão.

4.Identifique o resultado: Identifique o que você deseja medir ou avaliar, seja melhora na saúde, diminuição de sintomas, entre outros.

5.Formule a pergunta: Com base nas informações coletadas, formule a pergunta de pesquisa. Por exemplo: “Em pacientes com artrite reumatoide, qual é o efeito da terapia com anticorpos anti-TNF (intervenção) comparado à terapia com metotrexato (comparação) no controle da dor e na capacidade funcional (resultado) a longo prazo (seguimento de 12 meses)?”

Nesta pergunta, o paciente é identificado como “pacientes com artrite reumatoide”, a intervenção é “terapia com anticorpos anti-TNF”, a comparação é “terapia com metotrexato” e o resultado é “controle da dor e capacidade funcional a longo prazo”

Com esta pergunta, a revisão sistemática pode se concentrar nos estudos que comparam essas duas terapias específicas em pacientes com artrite reumatoide e avaliar seus efeitos no controle da dor e capacidade funcional a longo prazo.

Lembre-se de que a pergunta deve ser específica, clara e relevante para o estudo. A estratégia PICO é uma ferramenta valiosa para garantir que a pergunta de pesquisa seja precisa e relevante, e consequentemente, garantir uma revisão sistemática completa e precisa.

Gostou desse conteúdo? Precisa aprender Metodologia de Pesquisa, Revisões da Literatura e Análise de dados? Faça parte da Psicometria Online Academy: a maior formação de pesquisadores quantitativos da América Latina. Conheça toda nossa estrutura aqui e nunca mais passe trabalho sozinho(a).

Bruno Figueiredo Damásio

Sou Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia. Venho me dedicando à Psicometria desde 2007.

Fui professor e chefe do Departamento de Psicometria da UFRJ durante os anos de 2013 a 2020. Fui editor-chefe da revista Trends in Psychology, da Sociedade Brasileira de Psicologia (SBP) e Editor-Associado da Spanish Journal of Psychology, na sub-seção Psicometria e Métodos Quantitativos.

Tenho mais de 50 artigos publicados e mais de 5000 citações, nas melhores revistas nacionais e internacionais.

Compartilhe sua opinião sobre este post

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts sugeridos

Por que aprender a programar em R?

Diferenças entre Modelos Lineares e Modelos Lineares Generalizados (GLMs)

Explorando as etapas da análise de dados

Conteúdo

Mais lidos

O que é regressão linear simples?

O que é correlação de Pearson?

O que é o teste de Shapiro-Wilk?

Teste t de Student

Postados recentemente

Curso R para Iniciantes

Como criar gráficos no R com o ggplot2?

Quais pacotes usar na análise fatorial exploratória no R?

Como reestruturar o formato do banco de dados no R?

Deseja se tornar completamente autônomo e independente na análise dos seus dados?

Junte-se a mais de 22.300 membros e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Bruno Figueiredo Damásio

Sou Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia. Venho me dedicando à Psicometria desde 2007.

 

Fui professor e chefe do Departamento de Psicometria da UFRJ durante os anos de 2013 a 2020. Fui editor-chefe da revista Trends in Psychology, da Sociedade Brasileira de Psicologia (SBP) e Editor-Associado da Spanish Journal of Psychology, na sub-seção Psicometria e Métodos Quantitativos.

 

Tenho mais de 50 artigos publicados e mais de 5000 citações, nas melhores revistas nacionais e internacionais. Atualmente, me dedico a formação de novos pesquisadores, através da Psicometria Online Academy. Minha missão é ampliar a formação em Psicometria no Brasil e lhe auxiliar a conquistar os seus objetivos profissionais.

Compartilhe sua opinião sobre este post

Posts sugeridos

Por que aprender a programar em R?

Diferenças entre Modelos Lineares e Modelos Lineares Generalizados (GLMs)

Explorando as etapas da análise de dados

Categorias